FUNCOMDICA: Projetos beneficiados atendem cerca de mil crianças e adolescentes em Torres

Sábado, 05/11/2016

Até meados de 2017, seis projetos estão em andamento na cidade  

 

Por Maiara Raupp

_______________
 

Durante este ano, 12 projetos sociais, que atendem a todo cerca de mil crianças e adolescentes, foram beneficiados pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Funcomdica) em Torres. Os recursos, que giram em torno de R$ 50 mil para cada projeto, são disponibilizados para o desenvolvimento de ações destinadas ao atendimento de crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social de forma a fortalecer os vínculos familiares e comunitários. “O maior objetivo da iniciativa é o de fazer a proteção social de nossas crianças e adolescentes”, afirmou o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Cleberton Teixeira.
As entidades contempladas assinam um termo de compromisso com cláusulas referentes ao recebimento e prestação de contas dos valores, assim como sofrem monitoramento do Conselho e fiscalização da Secretaria Municipal da Fazenda na correta aplicação dos mesmos.

 

Projetos em andamento 

Dos 12 projetos em andamento - que receberam o recurso entre 10 e 12 meses - sete estão se encerrando e o próximo edital deve ser lançado somente em 2017. Os projetos que seguem com o benefício – já que iniciaram depois – e finalizam suas atividades em meados de 2017 são: projeto Brincar de Correr da Associação dos Corredores de Torres (ASCORT), que beneficia cerca de 100 crianças e adolescentes; projeto O Futebol Formando Cidadãos da Associação Desportiva e Escolinha do Mimi, que atende 80 crianças; projeto Craques de Bola da Associação dos Moradores da Vila São João, que inclui cerca de 100 crianças; o projeto de Educação, Cultura e Ambiente Sociedade dos Amigos Balneário Itapeva Norte, que beneficia cerca de 60 pessoas; e o projeto Educafut da Escola Estadual de Ensino Fund. José Quartiero e Oliveira Carneiro, que atende cerca de 60 crianças.

“Pedimos que a comunidade torrense procure esses projetos e participe. Ele é importante para a socialização, educação e inclusão das crianças e adolescentes”, destacou a secretária executiva do Comdica, Eliane Sebastião, acrescentando ainda que a cada ano que passa a qualidade dos projetos estão melhorando. “Estão agregando mais coisas. Se aperfeiçoando”, completou ela.
 

 

Sobre o Comdica 

O Conselho, vinculado a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, é formado por 11 titulares e 11 suplentes, sendo cinco de entidades governamentais e seis representantes da sociedade civil organizada. As reuniões acontecem as 8h30 todas as últimas terças-feiras de cada mês.
Para concorrer aos recursos do Funcomdica a entidade deve ser cadastrada no Comdica, atender aos critérios de atendimento a criança e adolescente e ficar atenta ao edital que é lançado pelo colegiado do Conselho.


Fonte: www.afolhatorres.com.br